em Notícias

Com o objetivo de discutir a desigualdade social com foco na alimentação, o Sesc-DF realiza nesta terça-feira (12), no Edifício Brasília (609 Norte), o 3º Seminário Internacional de Segurança Alimentar e Nutricional: Enfretamento e Ação. Especialistas nacionais e internacionais de diversas áreas discutem o cenário nutricional do Brasil e do mundo. O evento conta com as parcerias da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e da Universidade de Brasília (UnB).

O diretor do Sesc-DF, José Roberto Sfair Macedo, participou da solenidade de abertura e reforçou a importância de se discutir o tema. “Sempre merecem destaque todas as ações de combate à fome e ao desperdício de alimentos. Cada dia mais o nosso País passa por momentos difíceis, a linha de pobreza vai ampliando e a fome se faz presente nesse contexto. Essa ação do Sesc em parceria com a UnB e a FAO reforça a importância desse evento”, declarou.

Para o representante no Brasil da FAO, Alan Bojanic, a parceria de longa data com o Sesc tem trazido bons resultados. “É uma parceria importantíssima porque estamos tentando justamente trabalhar com os grupos mais vulneráveis para reduzir a porcentagem de pessoas que estão em insegurança alimentar. Os números ainda estão longe de serem animadores, principalmente com relação às crianças. Portanto, essa parceria visa justamente desenvolver estratégias e sensibilizar a população sobre esse importantíssimo tema que tem um custo muito alto para a sociedade. Por isso, esse evento é um passo à frente para definir como erradicar a fome”, reforçou.

O coordenador do Laboratório de Pesquisa sobre Gestão do Esporte da Universidade de Brasília (UnB), professor Dr. Paulo Henrique Azevêdo, citou a troca de experiências e aprendizados por meio do evento. “A universidade tem que estar presente em todos os momentos acadêmicos e profissionais, e na área de segurança alimentar e nutricional não poderia ser diferente. Estamos garantindo aos nossos estudantes, profissionais e pesquisadores um ambiente de aprendizagem muito significativo no desenvolvimento dos aspectos da nutrição de nossa sociedade. Por isso, eu entendo que a participação da UnB nesse processo, organizando com o Sesc esse evento, contribui decisivamente para uma qualidade de vida melhor”, contou.

O debate é composto por três painéis. O primeiro aborda o Direito à Alimentação, passando pelo tema da Desigualdade Social. Em seguida, à tarde, o segundo painel falará do Enfrentamento. Para fechar, a Década da Nutrição será o último tema do seminário. A cada final de painel é realizado um debate com a participação de especialistas. Além disso, durante o seminário foi lançado em parceria com os Correios, o selo comemorativo aos 15 anos do Mesa Brasil Sesc Distrito Federal. Mais de 300 pessoas participam do debate.