Mesa Brasil recebe doação de vacinas contra o vírus da gripe H1N1

O programa Mesa Brasil Sesc recebeu nesta segunda-feira (12) uma doação de 210 vacinas contra o vírus da gripe H1N1. As unidades da vacina possuem validade até dezembro de 2019 e não serão mais comercializadas pela empresa doadora, a Check – Up Centro Médico. A instituição social beneficiada que receberá as vacinas será a Associação Viver, localizada na Cidade Estrutural, e uma das entidades atendidas pelo programa Mesa Brasil. As doações serão retiradas da empresa no dia 27 de agosto e serão aplicadas no mesmo dia para que se mantenha a temperatura exigida de conservação das doses de vacina.

O responsável pela doação foi o vice-presidente da Fecomércio-DF e presidente do Sindicato dos Laboratórios de Pesquisas e Análises Clínicas do DF (Sindilab-DF), Alexandre Augusto Bitencourt. O empresário é proprietário da Check – Up Centro Médico e disse que teve a ideia de fazer a doação após participar de uma reunião de apresentação sobre o programa Mesa Brasil Sesc. “Decidi depois que participei de um evento de apresentação. É um programa maravilhoso feito pelo Sesc para arrecadar e fazer doação de alimentos para instituições cadastradas. No dia eu falei, olha não posso ajudar muito porque meu segmento é da área de saúde. Daí surgiu a ideia do que eu poderia doar”, conta Alexandre.

Com o fim da temporada de vacina para gripe, sobram vacinas todos os anos. Tudo o que sobra é incinerado. “Essas vacinas estão com validade ate dezembro de 2019. Ai eu propus que o programa aceitasse dentro do padrão adequado de controle de temperatura, de equipe técnica com enfermeiro e médico capacitado para poder receber esse material e destinar ao publico alvo adequado. Estamos felizes em ter feito essa doação presencialmente e de estar colaborando com o programa. É a primeira vez que a gente fez uma doação para uma instituição grande e a gente sabe a importância que o Sesc tem no trabalho social aqui no DF”, completa Alexandre.

A empresa entregou as vacinas com o certificado de validade e cartão de vacinação para controle individual. Além disso, a empresa doadora também se prontificou a emprestar as caixas térmicas que garantirão a temperatura de 2º a 8º C das vacinas.