Sesc-DF promove campanha de prevenção de violência contra a pessoa idosa

No dia 15 de junho é comemorado o dia mundial de combate à violência contra a pessoa idosa. Uma em cada nove pessoas no mundo tem 60 anos ou mais, segundo dados das Nações Unidas. As estimativas indicam que em 2050 teremos um idoso a cada cinco pessoas, alcançando 22% da população global. Pela primeira vez haverá mais idosos do que menores de 15 anos no planeta. De acordo com a Secretaria Especial de Direitos Humanos, cerca de 40% das denúncias envolvendo idosos, recebidas pelo Disque 100, incluem negligência. Na sequência estão violência física, psicológica, sexual, financeira, medicamentosa, emocional e social. Pensando nisso, o Sesc-DF vai promover uma campanha de conscientização da violência contra a pessoa idosa, que acontece de 3 a 28 de junho e traz como tema principal: “Ausência também é violência”.

Por meio de palestras, encontros, vivências e ações artísticas, a campanha busca refletir sobre como diversas formas de ausência na vida da pessoa idosa podem ser caracterizadas como violências. Um dos destaques da programação será o fórum de debate, que vai acontecer dia 19 de junho, de 13 às 17 horas, no teatro Paulo Autran, no Sesc de Taguatinga Norte. Na programação, a palestra “Ausência Também é Violência” será ministrada pelo Dr. Vicente de Paula Faleiros (Assistente Social, especialista em Gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – SBGG). Depois, uma mesa redonda com o tema: “Consequências da negligência no contexto do envelhecimento”, mediada pelo Professor Doutor Thiago Brandão e composta pelo Tenente – Coronel Elisson Fernandes de Castro, do Centro de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar da PMDF (PROVID), por Antônio Fernandes Toninho da Costa (Secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa – do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos) e por Isabela Oliveira Azevedo Trindade (Fisioterapeuta SBGG). A juíza da Central Judicial do Idoso (CJI), Monize da Silva Freitas Marques, encerra o fórum. Os interessados em participar podem se inscrever de forma gratuita. Basta acessar aqui.

Outro destaque são os esquetes que serão protagonizados por idosos que participam do Grupo dos Mais Vividos do Sesc. O tema central das apresentações abordará a ausência como uma forma de negligência. Entre os dias 14 e 25 o grupo se apresentará em vários locais do Distrito Federal, como Hospital da Ceilândia, Taguatinga, Gama e Alameda Shopping. De acordo com Adriana Costa Batista, Coordenadora de Assistência do Sesc-DF, a campanha faz parte do programa de trabalho social com idosos do Sesc. “Por meio de atividades socioculturais e educativas, voltadas ao cidadão acima de 60 anos, buscamos promover, principalmente, a sociabilização, a reflexão sobre o envelhecimento, o desenvolvimento de novas habilidades e a integração com as demais gerações.”. Adriana destaca ainda que o tema abordado é muito importante e deve ser discutido pela sociedade. “Ausências como as de acolhimento familiar, políticas públicas eficientes, de redes de apoio social, de representatividade na mídia, de permanência no mercado produtivo, entre outras, podem causar solidão, isolamento e o aumento na incidência de uma variedade de problemas de saúde física e mental.”, finaliza a coordenadora.

Para inscrições no Fórum de Debate, clique aqui.

Confira a programação dos esquetes:

  DATA HORA LOCAL
       
  19 de Junho 13h30 Teatro Paulo Autran – Sesc Taguatinga Norte
       
  14 de Junho 10h Hospital da Ceilândia
  17 de Junho 14h Shopping Alameda
  25 de Junho 14h Hospital do Gama

Confira a programação completa: