Sonora Brasil chega à 20ª edição trazendo para Brasília o som dos cocos

A música carrega em si a história de muitas culturas, seja pela melodia, pelos instrumentos ou pela dança. No Sesc essa memória é difundida e resgatada todos os anos por meio do Sonora Brasil. Considerado o maior projeto de circulação musical do País, neste ano o Distrito Federal receberá quatro grupos da Região Nordeste. As apresentações serão de 6 a 9 de agosto, às 12h30, na área externa da unidade Sesc Presidente Dutra (Setor Comercial Sul). Com entrada franca, a classificação indicativa é livre.

A 20ª edição do projeto passará, neste ano, por 97 cidades, somando um total de 372 concertos pelo Brasil. Segundo o assistente de Ações Culturais do Sesc-DF e responsável pelo projeto na cidade, Nilson Lima, o evento representa um resgate de um trabalho pouco difundido. “O Sonora Brasil tem como um de seus principais objetivos a valorização de artistas que produzem obras não comerciais, além de reconhecer os artistas e formar plateias. Neste ano, teremos trabalhos que envolvem as variantes da denominação “cocos”, típica da região Nordeste, na qual a dança, música e religião estão envolvidas”, adiantou.

O tema ‘Na pisada dos cocos’ circula pelos estados do Centro-Oeste, Sul e Sudeste brasileiro com os grupos Coco de Zambê (RN), Samba de Pareia da Mussuca (SE), Coco do Iguape (CE) e Coco de Tebei (PE). Os artistas apresentarão diversidades da música nascida em aldeias indígenas e comunidades quilombolas, com canto, dança e música, acompanhados por instrumentos de percussão, como bumbo, ganzá, pandeiro, caixa.

A integrante e presidente do grupo Coco do Iguape, Klevia Cardoso, conhecida como Klevia do Iguape, está animada para chegar a Brasília. “A experiência de estar no Sonora Brasil é um sonho porque o projeto está nos dando a oportunidade de não só poder conhecer o Brasil, mas de poder mostrar para esse país um pouquinho da nossa cultura raiz, das nossas tradições e da vida de nossos antepassados. De um vila tão simples de pescadores estamos em algo tão grande que é o Sonora Brasil. Estamos ansiosos para nos apresentarmos na capital federal. Tudo isso abre os horizontes e fortalece o nosso grupo e transforma as nossas vidas”, ressaltou.

Sonora Brasil

6/8 – Coco do Iguape (CE)
7/8 – Coco de Zambê (RN)
8/8- Samba de Pareia da Nussuca (SE)
9/8 – Coco de Tebei (PE)
Horário: 12h30
Local: Sesc Presidente Dutra
Entrada franca
Classificação indicativa: livre